“É com tais pensamentos em mente que os bahá’ís, conforme seus recursos permitem, colaboram com um número crescente de movimentos, organizações, grupos e indivíduos, estabelecendo parcerias que procuram transformar a sociedade e promover a causa da unidade e do bem-estar humano e contribuir para a solidariedade mundial.”

— A Casa Universal de Justiça

Bahá’u’lláh assim aconselhou Seus seguidores: “Cuidai zelosamente das necessidades da era em que viveis, e concentrai vossas deliberações em suas exigências e seus requisitos.”

Desse modo, os bahá’ís em todo o mundo — tanto individual como coletivamente - procuram se envolver na vida da sociedade, trabalhando ombro a ombro com diversos grupos a fim de contribuir para o avanço da civilização material e espiritual.

Há duas áreas complementares de empenho aqui exploradas. Ação social trata de um espectro de atividades, frequentemente executadas nas bases, cujo propósito é contribuir para o bem-estar material e social da comunidade mais ampla. Estreitamente relacionados estão os esforços dos bahá’ís em contribuir para o bem-estar público em nível de pensamento por meio de participação nos discursos da sociedade. Entre cada um dos membros da comunidade bahá’í, isso tipicamente implica compartilhar ideias inspiradas pelos ensinamentos bahá’ís em diversos espaços sociais. Assembleias Espirituais Nacionais coordenam as iniciativas bahá’ís para contribuir com os debates que focam vários aspectos do progresso social, enquanto, no cenário internacional, a Comunidade Internacional Bahá’í está presente numa diversidade de redes globais interessadas em questões como a igualdade entre homens e mulheres e o desenvolvimento sustentável.

: