O Sepulcro do Báb no Monte Carmelo, em Haifa, Israel — um dos lugares mais sagrados do mundo para os bahá’ís.

A quantidade e a qualidade dos Escritos do Báb são extraordinárias sob qualquer ponto de vista. De Sua pena emanaram meio milhão de versículos apenas nos primeiros quatro anos de Sua missão. O Báb escreveu numerosas cartas, dentre elas ao rei do Irã, Muhammad Sháh, e a todos os principais clérigos do país. Durante a parte inicial de Sua missão, os escritos do Báb foram principalmente do próprio punho. Posteriormente, os versículos passaram a ser ditados a um amanuense.

Abaixo segue uma pequena seleção dos Escritos do Báb.

Há quem remova as dificuldades a não ser Deus? Dize: Louvado seja Deus! Ele é Deus! Todos são Seus servos e todos aquiescem ao Seu mandamento!

( Seleção dos Escritos do Báb )

Livra-te de todo apego que não seja a Deus, enriquece-te em Deus, dispensando tudo, salvo Ele, e recita tu esta oração:

Dize: Deus é suficiente para todas as coisas, acima de todas as coisas, e nada nos céus ou na terra, ou qualquer coisa que entre eles haja, a não ser Deus, teu Senhor, é suficiente. Em verdade, Ele é, em Si próprio, o Conhecedor, o Sustentáculo, o Onipotente.

( Seleção dos Escritos do Báb )

Ó Senhor! A Ti recorro para refúgio e a todos os Teus sinais dirijo meu coração. Ó Senhor! Esteja eu viajando ou em casa, quer esteja ocupado em meu trabalho ou em qualquer atividade, em Ti deposito minha inteira confiança.

Concede-me, então, Teu auxílio suficiente de modo que me tornes independente de todas as coisas, ó Tu que és inexcedível em Tua misericórdia! Confere-me meu quinhão, ó Senhor, como Te aprouver, e faze que me contente com qualquer coisa que Tu me tenhas ordenado.

Tua é a autoridade absoluta do comando.

( Seleção dos Escritos do Báb )

A oração mais aceitável é aquela oferecida com a máxima espiritualidade e ardor; prolongá-la não tem sido, nem é estimado por Deus. Quanto mais desprendida e pura a oração, mais aceitável é na presença de Deus.

( Bayán persa, Seleção dos Escritos do Báb )

Convém ao servo, após cada oração, suplicar a Deus que conceda a seus pais misericórdia e perdão.

( Bayán persa, Seleção dos Escritos do Báb )

Sou o Ponto Primaz do qual se geraram todas as coisas criadas. Sou o Semblante de Deus, Cujo esplendor jamais se poderá obscurecer, a Luz de Deus, cujo brilho não se esvairá jamais.

( Seleção dos Escritos do Báb, Epístola a Muhammad Sháh. )

A substância da qual Deus Me criou não é a argila de que outros foram moldados. A Mim conferiu Ele aquilo que os versados na sabedoria do mundo jamais poderão compreender, nem os fiéis descobrir.

( Seleção dos Escritos do Báb, Epístola a Muhammad Sháh. )

É melhor guiar uma só alma do que possuir tudo o que está na terra, pois enquanto essa alma guiada estiver à sombra da Árvore da Unidade Divina, ambas, tanto ela como a pessoa que a guiou, serão recipientes da terna misericórdia de Deus ,ao passo que a possessão das coisas terre- nas cessará na ocasião da morte. O caminho que leva à guia é o de amor e compaixão, e não de coerção e força. Este tem sido no passado o método de Deus e haverá de continuar a ser no futuro!

( Seleção dos Escritos do Báb, Bayán persa. )

O Senhor do universo jamais levantou um profeta, nem fez descer um Livro, a menos que tivesse estabelecido Seu convênio com todos os homens, deles exigindo a aceitação da próxima Revelação e do próximo Livro, uma vez que as emanações de Sua generosidade são incessantes e sem limite.

( Seleção dos Escritos do Báb, Bayán persa. )

Observação: